top of page

Osteopatia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Osteopatia foi criada nos finais do séc.XIX pelo médico americano Andrew Taylor Still. Considera o ser humano como um todo, como uma unidade completa (biológica, emocional e espiritual) em interligação com o mundo que a rodeia.

 

 

É dessa forma que o ser humano deve ser abordado na consulta. O corpo humano tem os seus próprios sistemas de defesa e também de alarme. Todo o distúrbio ou trauma que ocorre numa dada área do corpo, pode manifestar-se em qualquer outra área e terá uma repercussão na totalidade do corpo.

 

 

A Osteopatia pode ajudar em todas as alterações de saúde, originadas em restrições mecânicas, com consequentes alterações posturais. A arte da Osteopatia consiste, em traços gerais, na capacidade de diagnóstico das restrições de mobilidade (que as vezes são sutis) na aplicação de um conjunto de técnicas, dirigidas aos diferentes estruturas tais como: coluna vertebral, crânio, articulações, fáscias, músculos e órgãos.

 

 

A avaliação do paciente é feita com base no conhecimento profundo da anatomia, fisiologia e biomecânica. Desta forma, o Osteopata consegue detectar quais as restrições de mobilidade que o paciente apresenta e o que deve ser feito para reequilibrá-lo.

bottom of page